27/05/2011 09h45 - Atualizado em 01/04/2011 06h27

Leilões testam recuperação do mercado de arte


Sete obras têm estimativas de quase US$ 20 milhões cada. "A lição da crise foi fazer o trabalho de casa." Kelly Crow - The Wall Street Journal


Botero
A rápida recuperação do mercado de arte enfrentará um teste crítico em Nova York na semana que vem, quando casas de leilão tentarão vender uma mistura de obras impressionistas, modernas e contemporâneas avaliadas em quase US$ 1 bilhão.


 

Sete obras têm estimativas de quase US$ 20 milhões cada. Nos leilões de primavera de 2009, quando o mercado da arte capengava, nenhuma peça chegou perto desse valor.

Assim como as bolsas de valores, o mercado da arte recuperou-se de maneira geral da recessão. As vendas atingiram o auge em 2007, quando a Christie's e a Sotheby's venderam coletivamente o equivalente a US$ 11,3 bilhões de obras de arte, valor que caiu para US$ 4,8 bilhões em 2009. Com uma velocidade surpreendente, tanto para colecionadores como para marchands, o mercado recobrou o impulso no ano passado, com as duas casas totalizando vendas de US$ 9,8 bilhões.

Cada fase que antecede os leilões tem suas próprias características, e o período atual está sendo afetado pela experiência dos colecionadores durante a recessão, quando alguns tiveram um grande prejuízo. Aqueles que perderam fortunas quando os valores da arte contemporânea despencaram agem cuidadosamente agora, sem medo de virar as costas quando um nome badalado parece caro demais. Outros se sentiram encorajados quando os valores de vasos antigos ou manuscritos medievais se mantiveram mais firmes do que outros investimentos.

 

 

fonte: http://www.zwelangola.com
 
Compras
Pandil Decoração 1 Metro
Casal Tonga Importado Balí
Indonésia
R$ 147,00
Rir é o Melhor Remédio
Casal Tonga Riso uso Terapêutico
R$ 12,00
Imigração Japonesa
Casal Tonga Livro do
Centenário
R$ 22,00
Primitivo Costa Rica
Casal Tonga Escultura
Madeira
50cm R$ 94,50
Compras
Pandil Decoração 1 Metro
Casal Tonga Importado Balí
Indonésia
R$ 147,00
Rir é o Melhor Remédio
Casal Tonga Riso uso Terapêutico
R$ 12,00
Imigração Japonesa
Casal Tonga Livro do
Centenário
R$ 22,00
Primitivo Costa Rica
Casal Tonga Escultura
Madeira
50cm R$ 94,50


Envie esta página a um amigo!


Mas há muitos outros, endinheirados e entusiasmados, que estão se juntando ao grupo consumidor sem prestar tanta atenção aos preços. Em consequência, o mercado de arte, ainda que não tenha retomado os níveis pré-crise, continua a parecer agitado. Preços recordes estão sendo pagos por algumas obras individualmente, como "Nu, folhas verdes e busto", de Pablo Picasso, que saiu por US$ 106,5 milhões na Christie's em maio passado, o máximo já pago em leilão por uma obra de arte.

Na próxima semana, não há nada que deva destronar aquele Picasso, mas a Sotheby's espera obter pelo menos US$ 25 milhões por "Mulher lendo", um Picasso de 1934 que retrata a mesma amante, Marie-Thérèse Walter, de "Nu, folhas verdes e busto". A rival Christies's está pedindo US$ 20 milhões ou mais por "Os Álamos", de Monet, obra vendida por US$ 7 milhões dez anos atrás.

O papel que a Ásia vem desempenhando na recuperação do mercado da arte não pode ser exagerado: os gastos da China com arte quase quadruplicaram nos últimos cinco anos, para US$ 10,9 bilhões, de acordo com a Artvest Partners, uma empresa nova-iorquina de análise do mercado da arte. A China está vendendo mais agora do que epicentros europeus da arte como o Reino Unido, informa a Fundação Europeia de Belas Artes.

O que é que está vendendo? As casas leiloeiras informam que os recém-chegados ao mercado buscam peças de grande porte, possivelmente esperando ter o valor correspondente em centímetro por centímetro. Por isso, na promoção de seu principal leilão de arte impressionista e moderna, na quarta-feira, a Christie's alardeou o fato de que um de seus lotes mais importantes, "Íris Malva", de Monet, é uma das pinturas mais altas do artista, com quase 2 metros. O valor pedido é de pelo menos US$ 15 milhões. A Sotheby's chegou a criar um logo para o catálogo, um pavilhão em miniatura, para simbolizar as "peças monumentais" de seu catálogo.

A arte com cores vivas também parece estar atraindo atenção extra nesta temporada, das telas saturadas de Picasso e Andy Warhol a vasos chineses de colorido vibrante e diamantes em tons vívidos de azul e rosa.

A temática universal — amor, morte, família, belas paisagens — também está vendendo melhor do que a artisticamente críptica e obscura. Os marchands dizem que os colecionadores estão em busca de obras que possam ser revendidas mais tarde para um público global. Isso explica em parte o aumento da demanda de esculturas da Vênus, deusa do amor, em mármore romano, ou a razão por que alguns compradores chineses procuram retratos claros e exuberantes de belas mulheres da era vitoriana.

"A velocidade da recuperação do mercado é impressionante, mas é um mercado revitalizado de forma diferente", diz Michael Plummer, presidente da Artvest. "A lição da crise foi fazer o trabalho de casa."

 

 

 





.
A legislação que atualmente regula os direitos autorais no Brasil é a
lei 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
Audiovisual para fins pedagógicos, científicos, tem uma
redução da proteção do titular de direito em favor da sociedade que é usuária.


Sobre o :

Portal criado em 1999 com o intuito de tornar a Arte mais fácil e prazerosa de se conhecer, para todos os públicos, de todas as idades, através de vídeos, ilustrações e textos.

Pesquisamos em diversas fontes e fazemos um mix das informações, sempre verificando e comparando as mesmas para dar autenticidade ao nosso conteúdo.


Todo o conteúdo aqui encontrado é gratuito e livre para compartilhar de acordo com a especificação de cada autor e obra. A partir de Janeiro de 2011 começamos a contar com a ajuda, através dos conteúdos dos internautas, apaixonados por arte, dos mais diversos cantos do Brasil e do Mundo.

Seus
videos, slides, textos, áudios e tudo mais que vocês, artistas anônimos da web, puderem contribuir, será bem vindo, para este portal abranger cada vez mais estilos e culturas diversas.

Nós estamos aqui dispostos a colocar tudo de forma organizada e bem distribuidade dentro deste Portal. Contamos com a ajuda de todos neste projeto.

Obrigado por sua visita.
Equipe Portal Compre Arte.

 
Você pode colaborar com este projeto. Contribua com qualquer quantia clicando em um dos botões ao lado:


 

Emerson Pires Comércio de Artes ME CNPJ 09.350.447/0001-65
©1999/2011 Portal D'arte. Todos os direitos reservados.

Home www.portaldarte.com.br Mapa do Site